México: nova lei permite que homossexuais doem sangue

Aprovada em agosto e passando a vigorar em 25 de dezembro de 2012, nova lei permite que gays e bissexuais possam doar sangue no México. Essa medida acaba com a discriminação com base na orientação sexual que era vivenciada por homossexuais que almejavam doar sangue, já que a lei anterior proibia gays e bissexuais de doarem sangue, mediante argumento de que essas pessoas pertenciam a um grupo mais suscetível à contração de HIV e hepatites.

Em 2011, o Reino Unido também alterou sua legislação no sentido de combater essa discriminação pautada no questionável argumento dos chamados “grupos de risco”. Recentemente, a China anunciou medida que autoriza mulheres lésbicas a doarem sangue, no entanto, permanece o veto aos homens homossexuais. Infelizmente,  em países como o Brasil e Estados Unidos, homossexuais masculinos ainda são impedidos de doarem sangue por motivos de orientação sexual.

 

Anúncios

Mulheres lutam pelo reconhecimento do trabalho sexual em Querétaro – México

Em Querétaro – México – trabalhadoras sexuais estão encabeçando um movimento nacional para que seu trabalho seja reconhecido em sindicato formal. Mónica Mendoza – líder da organização Mujer Libertad – comunicou que já fora encaminhada proposta formal à federação e que aguarda o apoio do presidente Enrique Peña Nieto (EPN). Ela esclarece: “La propuesta es como trabajadoras no asalariadas, así como es reconocido el trabajo doméstico, creo que también el trabajo sexual debe ser reconocido para minimizar la trata de personas. La consigna ahorita es llegar a EPN para que se legisle a favor del trabajo sexual”.

trabajadoras queretanas - México

APROSMIG oferece curso de inglês para profissionais do sexo de Belo Horizonte

Cida Vieira, presidente da Associação das Prostitutas de Minas Gerais (APROSMIG), informou em matéria publicada no Jornal Folha de São Paulo (08.01.13) sobre o curso de inglês organizado pela associação e oferecido às mulheres que exercem trabalho sexual. O curso será gratuito e visa a ensinar o básico da língua inglesa para que profissionais do sexo possam se comunicar com turistas na Copa 2014 e negociar preço, tempo e condições do programa.

O curso será oferecido em uma sala cedida pela Associação dos Amigos da Rua Guaicurus (conhecida zona de prostituição de Belo Horizonte) e terá duração de seis a oito meses. A primeira turma se iniciará em março.

Laerte faz resenha ilustrada de livro sobre teoria queer

O livro “Judith Butler e A Teoria Queer” de Sara Salih discute a temática de gênero e recebeu uma resenha ilustrada pelo cartunista Laerte.

Laerte_livro_queer0001  laerte_livro_queer_20001