PUTA DEI 2015 é comemorado com atividades em várias cidades

O Dia Internacional da Prostituta – 02 de junho – é comemorado em diversas cidades por meio do evento PUTA DEI/DAY realizado por diversas associações de prostitutas nas cidades de Belém do Pará/PA, Belo Horizonte/MG e Campina Grande/PB.

 

Cartaz Puta Dei - GEMPAC - Belém

Cartaz Puta Dei – GEMPAC – Belém

 

Cartaz Puta Dei - CIPMAC - Campina Grande

Cartaz Puta Day – CIPMAC – Campina Grande

 

Cartaz Puta Dei - APROSMIG - Belo Horizonte

Cartaz Puta Day – APROSMIG – Belo Horizonte

PUTA DEI é comemorado em diversas cidades do Brasil

O PUTA DEI é um evento criado para celebrar o dia 2 de junho – Dia Internacional da Prostituta. O trocadilho do nome – PUTA DEI –  com as palavras day (dia) e dei (conjugação do verbo dar) mostra a irreverência e criatividade das prostitutas, em busca por sua autonomia e autodeterminação.

O evento foi (e ainda será) celebrado em diferentes cidades do Brasil. Em Nitéroi/RJ e São Paulo/SP a data foi comemorada com desfile da DASPU com o lançamento da coleção DASPU na Copa. Em Campinas, além do desfile houve também debate sobre regulamentação da profissão da prostituta. Em Belém do Pará, no GEMPAC – que idealizou esse evento – o dia foi comemorado com muita festa e intervenções artísticas.

Já em Belo Horizonte, na rua Guaicurus (na sede da APROSMIG), houve show, djs e seção de fotos, como pode ser visto no vídeo abaixo.

Prostitutas de Minas Gerais já podem receber por meio de cartão de crédito e débito

Como resultado do diálogo entre integrantes da APROSMIG (Associação de Prostitutas de Minas Gerais) e a CEF (Caixa Econômica Federal), prostitutas da cidade de Belo Horizonte já podem receber pelos programas por meio de pagamento em cartões de crédito e débito.

De acordo com Cida Vieira – a presidente da associação, além de aprimorar o serviço, a novidade deve contribuir para diminuir a exploração sofrida por muitas garotas, já que elas poderão cobrar, com mais facilidade, o valor dos programas diretamente de seus clientes, sem intermediários. “Vai quebrar também a exploração de alguns locais, que cobram 20% da garota. Vamos também eliminar isso”.

Cida Vieira (presidente da APROSMIG) Foto: Humberto Trajano/G1

Cida Vieira (presidente da APROSMIG) Foto: Humberto Trajano/G1

A presidente da APROSMIG diz que já conta até com um slogan para divulgar a adoção do dinheiro de plástico: “goze agora e pague depois”. O objetivo, ela afirma, é expandir o benefício para profissionais de todo o estado. As interessadas devem procurar a associação, portando identidade, CPF e comprovante de endereço.

…………………………………………..

Fonte: site do G1 (05/11/2013).

APROSMIG realiza segunda edição do MISS PROSTITUTA

A Associação de Prostitutas de Minas Gerais (APROSMIG) realizou a segunda edição do Miss Prostituta.  O evento foi realizado, em Belo Horizonte, no entorno da rua dos Guaicurus (a mais tradicional zona de prostituição da capital mineira). São 23 hotéis, bares, cabines de filmes eróticos, cinemas, saunas e cantinas frequentados por cerca de 4.000 profissionais do sexo.

O evento faz parte do festival Dia Sem Preconceito realizado no Shopping UAI, no qual participam diversos grupos sociais que são alvo de preconceito e discriminação, tais como evangélicos, indígenas, travestis, transexuais, prostitutas, afrodescendentes, etc. O objetivo do evento é promover a união entre esses grupos e lutar pelo fim do preconceito.  O evento foi realizado em dois dias, 27 e 28 de setembro. Na primeira noite foi realizado o concurso Miss Pantera Transex e na segunda noite o Miss Prostituta.

DSC07365

A abertura do concurso Miss Prostituta se deu com um desfile da grife DASPU – criação ligada à ONG DAVIDA (organização de prostitutas da cidade do Rio de Janeiro coordenada por Gabriela Leite – uma das lideranças do movimento de prostitutas no Brasil). A apresentação do Miss Prostituta foi realizada pela artista Elke Maravilha.

Cida Vieira (presidente APROSMIG), apresentadora Elke Maravilha e Laura (vice-presidente APROSMIG).

Cida Vieira (presidente APROSMIG), apresentadora Elke Maravilha e Laura (vice-presidente APROSMIG).

A campeã do Concurso Miss Prostituta 2013 foi a mineira de  18 anos  que adota a alcunha “Camila”.  Ela é oriunda da cidade de Entre Rios de Minas, concluiu o ensino médio e pretende cursar Enfermagem.  As demais premiadas foram: Patrícia e Mary (respectivamente, segundo  e terceiro lugar no Concurso Miss Prostituta). Patrícia também recebeu o prêmio Miss Simpatia e Rosa recebeu os títulos de Miss Fotogênica e Miss Elegância.

Vencedora do Concurso Miss Prostituta 2013

Vencedora do Concurso Miss Prostituta 2013

APROSMIG promove segunda edição do Miss Prostituta – Festival Dia Sem Preconceito

Segunda edição do Festival Dia Sem Preconceito movimenta a capital mineira com palestras, shows e desfiles que reforçam o respeito às diferenças; evento será realizado, nos dias 27 e 28 de setembro, no UAI Shopping no centro da cidade. O evento é resultado de uma parceria entre a APROSMIG (Associação de Prostitutas de Minas Gerais), ASSTRAV (Associação de Travestis de Minas Gerais) e o UAI Shopping.

Como parte do festival será realizada o II Miss Prostituta. A primeira edição desse concurso foi realizada pela APROSMIG, em 2012, e teve como objetivo exigir respeito e regulamentação do ofício da prostituta.

2 fetival dia sem preconceito_Aprosmig_shoppingUai

Para mais informações: https://www.facebook.com/festivaldiasempreconceito

Vídeo “Luta pelos direitos das prostitutas”

O Documento Yahoo exibiu, em julho, o vídeo “Luta pelos direitos das prostitutas”, com participação de Cida Vieira – presidente da Associação de Prostitutas de Minas Gerais (APROSMIG). Cida, filha de policiais em Belo Horizonte, comenta que largou outras profissões como a de bancária para dedicar-se ao exercício da prostituição.

 

 

I Seminário da Aprosmig contou com participação de diversas pessoas

O I Seminário “Prostituição e legalização: trabalho, direitos e cidadania” promovido pela Associação das Prostitutas de Minas Gerais -APROSMIG foi realizado no dia 28 de junho, no auditório da Secretaria Municipal de Políticas Sociais, em Belo Horizonte. O evento teve início a partir das 9h e foi encerrado às 18h, contando com a participação de pessoas ligadas a Associação  como as coordenadoras Cida Vieira e Laura, Lucimara, Patrícia, Zazá, além de membros de diferentes grupos sociais  como @s pesquisadores Thaddeus Blanchette (UFRJ) , Karina Dias Géa (UFMG), Fabiana Rodrigues de Sousa (UFSCar) e Marina Veiga França (UFMG), o professor Cesar de Sante (Escola CAASO), Rita Calazans (CUT/MG), Osmar Rezende (LIBERTAS), o major Gedir (Polícia Militar), Silvia Helena (Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania), o empresário Elias Targino (Shopping UAI), Fernanda Givisiez (Programa de Combate ao Tráfico), dentre outr@s participantes.

Pesquisadores Karina Géa e Thaddeus Blanchette

Pesquisadores Karina Géa e Thaddeus Blanchette

Fernanda Givisiez e Rita Calazans

Fernanda Givisiez e Rita Calazans

Imagem

Entradas Mais Antigas Anteriores