Promotora legal popular solicita posicionamento quanto a notícia preconceituosa veiculada pela Intersom

Daniela da Silva é promotora legal de São Carlos e encaminhou mensagem solicitando posicionamento da população frente às informações depreciativas e preconceituosas veiculadas sobre prostitutas em notícia emitida pela rádio Intersom FM (São Carlos/SP), em 9 de agosto. A promotora legal autorizou a divulgação do e-mail enviado por ela ao autor da notícia Mendes Aguiar.
………………………………………………….
Bom dia senhor Mendes Aguiar,
Ouço quase todos os dias o Jornal da Intersom e o Intersom Debates.
Moro em São Carlos há 13 anos e desde que descobri a parte de notícias da rádio, venho acompanhando pois acho o formato bastante interessante.  Formei-me Promotora Legal Popular na primeira turma do curso oferecida pela prefeitura aqui em São Carlos. Uma das funções da promotora legal popular é esclarecer as pessoas acerca dos direitos da mulher.
Pois bem, quinta passada pela manhã, eu ouvia a Intersom quando entrou seu bloco de notícias policiais.  Acompanhei com espanto a notícia a seguir:
—————————————————————————–

Polícia põe prostitutas para correrem na baixada do mercado

Ontem (08), a Polícia Civil, a Policia Militar, Guarda Municipal e Fiscais da Prefeitura, fizeram uma faxina na baixada do mercado para tentar inibir o comércio sexual. A operação foi realizada ontem pelo fato de ser o quinto dia útil do mês, ou seja, é o dia de pagamento, sendo os maiores interessados os homens aposentados. Durante a operação havia na baixada do Mercado Municipal cerca 12 mulheres de programa aliciando os aposentados. Uma casa na rua Geminiano Costa que era usada para o encontro sexual foi autuada em R$ 700.00 e fechado. Uma cafetina, de 56 anos e duas mulheres de programa foram detidas, ouvidas pela delegada Denise Szakal na Delegacia da Mulher e depois liberadas.
———————————————————————
Meu espanto deu-se pelo seguinte:
1) A chamada da notícia pareceu-me desrespeitosa com as prostitutas, pois dá uma conotação de crime ao comércio sexual. Vender sexo não é crime, é uma ocupação.
2) No corpo da notícia, a palavra “faxina” é bastante ofensiva, pois reforça a ideia de que estas mulheres, ou o serviço que prestam seja algo “sujo”. Isso é bastante grave pois este tipo de postura pode legitimar a violência contra estas mulheres. Não sei se sua intenção foi dizer que estas mulheres mereçam menos respeito que quaisquer outras, mas é o que se pode depreender do texto.
3) A forma como o fato é descrito dá a impressão de que os aposentados não procurariam serviços sexuais se não fossem “aliciados” pelas mulheres. Será mesmo? E ainda que isto seja verdade, um aposentado não tem seu direito garantido pela Constituição Federal de ir e vir e de gastar seu dinheiro com o que lhe provenha (inclusive serviços sexuais)?
Será que este tipo de ação policial não garante apenas o direito de um grupo ao invés de atender a população como um todo?
Prostitutas e aposentados também são cidadãos de direitos.
                                           Atenciosamente,
                                                        Daniela
Anúncios

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Fabiana_Separatista
    ago 16, 2012 @ 14:34:20

    O engraçado é que os “clientes” das prostitutas não são alvos de “faxina” ou botados “pra correr”

    Responder

    • FabianaRSousa
      ago 16, 2012 @ 16:47:27

      Pois é, Fabiana. Infelizmente o que predomina é a hipocrisia, nesse caso, os clientes (aposentados) são percebidos como vítimas, subentende-se que eles não procurariam por serviços sexuais se não fossem aliciados por prostitutas. Mas quem é da cidade sabe muito bem que, em dia de pagamento, muitos deles vão para região da Praça justamente a procura desse tipo de serviço.
      Fabiana R.Sousa (coordenadora do GETS)

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: