Mocha Celis: escola para transgêneros se pauta nas contribuições de Paulo Freire

Mocha Celis é o nome atribuído à primeira escola de ensino médio voltada a travestis e transexuais na Argentina que funciona no bairro de Chacarita na capital. A escola é assim denominada em homenagem a Mocha Celis, uma travesti argentina que ficou conhecida no bairro de Flores (em Buenos Aires) devido à brutalidade de sua morte em decorrência de três tiros que recebeu na cabeça. Acredita-se que ela foi assassinada por um sargento das redondezas. O caso gerou revolta causando grande mobilização das pessoas, especialmente, de integrantes da comunidade LGBT.

O projeto começou durante uma conversa informal entre os atuais coordenadores da escola, Francisco Quiñones e Agustín Fuchs. Ambos já tinham experiência na área do cooperativismo e da educação popular. Em 2011, convocaram ativistas do movimento argentino para inaugurar a primeira escola voltada a atender o público. “Chegamos a conclusão de que seria ótimo poder montar um projeto de escola inclusiva para a população Trans e assim nasceu a Mocha Celis”, recorda Quiñones (JORNAL DO BRASIL, 22.05.12).

De acordo com Francisco Quiñones, o principal objetivo de uma escola popular como o Mocha Celis é integrar conteúdos de maneira a promover o maior intercâmbio de conhecimento possível. Por isso, na única sala de aula existente até o momento na escola, as cadeiras estão dispostas ao redor de uma única mesa central, onde se sentam alunos e professores e juntos definem as regras de convivência. As contribuições da Educação Popular e a obra do educador Paulo Freire são apontadas por Francisco como a inspiração para a concepção de educação e a metodologia adotadas na escola, onde ocorrem aulas de literatura, cooperativismo, matemática, noções digitais, memória e reconhecimento trans, entre outras matérias. O curso tem duração total de três anos.

Panfleto de divulgação – imagem de Sarmiento com maquiagem

O cartaz de divulgação da escola (acima) desvela o desejo de romper com o modelo sarmientista* de educação voltado a transmissão de conteúdos e à homogeinização das pessoas em vez da valorização da diversidade.

___________________

* Domingo Faustino Sarmiento foi o primeiro presidente da República Argentina e reformou o sistema escolar argentino, universalizando a instrução  pública.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: