Qual a função da escola: valorização da diferença ou cada um no seu quadrado?

A elaboração do kit * informativo de combate à homofobia é uma ação do programa Brasil sem Homofobia (uma articulação entre governo federal e sociedade civil organizada) e visa à promoção da garantia dos direitos humanos e respeitabilidade às diferentes orientações sexuais no âmbito escolar.
É evidente que um material como esse só venha a contribuir com o trabalho dos professores nas escolas públicas, os quais muitas vezes se deparam com dificuldades para debater a temática em sala de aula, justamente, por não possuir material para fomentar as discussões. No entanto, a distribuição do material tem suscitado polêmica por parte de deputados e outros membros da sociedade civil que acreditam que o material faz apologia à homossexualidade.
Toda essa polêmica nos remete ao alerta feito pelo educador Paulo Freire de que educação é sempre um ato político e que os educadores estão sempre fazendo escolhas (favoráveis à manutenção ou à transformação da hegemonia), o próprio ato de calar-se pode ser entendido como uma escolha, uma vez que o silêncio tem contribuído, historicamente, para perpetuar a homofobia em ambientes escolares. Por isso, afirmamos a necessidade de pensar a escola como espaço de promoção do diálogo sobre diferentes modos de ser e estar no mundo. Valorizar a diversidade é tarefa não apenas da escola, mas de distintas instituições sociais. Conversar sobre os diferentes modos de vivenciar a sexualidade, de sentir desejo e de estabelecer relações afetivas não implica em fazer apologia à heterossexualidade ou a homossexualidade, mas é tarefa de todo educador que reconhece a diversidade (e não a homogeneidade) como vocação do ser humano.
Cabe destacar que a distribuição do kit de combate à homofobia em escolas da rede pública para alunos do ensino médio recebeu parecer favorável da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) e da Unaids (Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids).
___________________________
* O kit é formado por cartazes, um livro com sugestão de atividades para o professor e três peças audiovisuais sobre o tema. O material foi elaborado pelo projeto Escola sem Homofobia, a partir de seminários e de uma pesquisa aplicada em escolas públicas, na qual constatou-se a falta de material didático disponível aos professores para discutir o problema da homofobia

Segue, abaixo, vídeo da TV Câmara sobre o kit de combate à homofobia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: